Siga-nos no Twitter

quinta-feira, 27 de março de 2008

Review Games: Rock Band - XBOX 360




Quem nunca sonhou em ter uma banda de garagem?!

Eu posso falar que sim. Eu até já fiz parte de uma.

Bandas da garagem envolvem algumas coisas.

Não basta aprender a tocar um instrumento (e por tocar eu digo tocar de verdade. Não precisa ser nenhum Vai, mas precisa saber uma música do início ao fim sem precisar rever as posições C e G no caderninho), também precisa ter amigos que saibam tocar, ou você vai convidar para sua garagem qualquer estranho da rua; e também é importante ter uma GARAGEM!

Vamos às dificuldades.

1 – Aprender a tocar um instrumento.

Puta que pariu.

Exige dedicação, tempo livre, dedicação, estudo, dedicação, investimento, dedicação e muita vontade. Eu assumo. Eu tentei.

2 – Amigos que saibam tocar.

Apesar de nerds, todos nós temos amigos. Agora ter amigos que saibam tocar é um pouco mais complicado. Ter amigos que saibam tocar e tenham uma sintonia musical é mais complicado ainda!

3 – Ter uma Garagem!

A não ser que você considere um estacionamento – de shopping, de teatro, ou aquelas 4 faixas amarelas que designam minha vaga no meu prédio – uma garagem, nem todo mundo tem uma garagem. O item mais fundamental para uma banda de GARAGEM é, além da banda, uma droga de uma GARAGEM. (que eu não tenho. Nem nenhum amigo meu e nós tocávamos – na semi-banda que participei - em um quartinho na casa da baterista).

Você pode imaginar tamanha felicidade que eu fiquei ao descobrir sobre um possível lançamento de um game para meu estimado Xbox3RL (obrigado pela inspiração, Corrales) que venha a unir instrumentos "fáceis" de se tocar, amigos e um QUARTO.

"Todo mundo tem uma droga de um quarto!" aposto que assim pensaram os outros nerds da Harmonix!
"E os nerds que não tem amigo... que joguem com outros nerds que tem internet"

Pronto, foram esses 2 diálogos-base que criaram um dos melhores jogos que eu já tive a oportunidade de colocar meu gordos dedos.

ROCK BAND chegou para suprir à faceta rockeiro frustrado que 8 entre 10 nerds têm.

O jogo é simples. Segue a mecânica do já renomado Guitar Hero, porém ele estende a experiência para os outros instrumentos de uma banda (bateria, guitarra/baixo e vocal).

A trilha é fantástica. Desde os magnânimos Weezer, até os exóticos Ok Go, passando por Rolling Stones, Bowie, e mais umas coisas pesadas que ninguém vai reclamar. É claro, ainda tem todas as faixas para você comprar na LIVE (eu peguei umas do Weezer, pack do Metallica e do Queens of the Stone Age).

Os gráficos do jogo são belos. Mas, sinceramente, quem raios vai se preocupar com os gráficos quando sua atenção toda está centrada nas bolinhas coloridas ou nas letras da música!? Mas vale ressaltar que os gráficos são bem melhores que os do Guitar Hero III.

A jogabilidade é excelente. A equipe do Guitar Hero conseguiu melhorar ainda mais sua inteligência nessa bela nova criação. A guitarra nova tem botões mais 'altos' para você fingir que sola de verdade (e nem precisa dar a "palhetada" nesses casos, só apertar os botões já basta); o Microfone é genial, basta seguir o tom da música e a galera vai ao delírio; e sem contar à bateria que é fantástica! Sim, exige coordenação – que eu estou em falta – mas mesmo para os tortos a diversão não falta em momento algum!

As batalhas na LIVE são organizadas da melhor maneira possível. É fantástico.

Inclusive você pode tocar bateria na sua casa, enquanto outro nerd toca guitarra do outro lado do mundo e ainda um bêbado cantando em outro canto do universo. Única grande falha do Online no Rock Band é a impossibilidade de se brincar no modo Band World Tour com os amiguinhos pela Live.

Eu quero mais!

Calma, ainda estou no início do jogo e não pude absorver TODAS as funcionalidades, nem a customização dos jogadores eu fiz direito. Já mudei diversas coisas no meu personagem, mas ainda não cheguei nem na metade das possibilidades.

Enfim, o jogo é fuderoso, fantástico e legal pra caralho!

Enfim, é por isso que eu digo que ROCK BAND é a verdadeira Salvação do Rock!


PS: Só um importante adendo aqui. Se você quiser se divertir loucamente com 2 guitarras e nos 2 jogos (Rock Band e Guitar Hero III) você vai se queimar no amplificador. A Activision foi bobona-cara-de-mamão e não habilitou a guitarra do Rock Band no Guitar Hero III. Ai os amigos da Harmonix (produtora do Rock Band) tentaram lançar um pach para resolver isso....vetado pela Activision!

Resultado final: faça como eu. Venda o rim, pulmão e os dedinhos dos pés para comprar os 2. E lembrando que a guitarra do Guitar Hero funciona no Rock Band, você vai se divertir muuuito.

2 comentários:

duda disse...

Rock band é foda... até EU gosto!
E se até EU gosto, é foda!
=]

Lucas de Camillo disse...

Tô esperando o convite para a próxima Froyfest...

Um blog com tudo que o superego julgou absurdo demais para entrar no Puro Pop

Quem faz o PuroPop ser Pop