Siga-nos no Twitter

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Review Games: Pro Evolution Soccer 2008




Fui apresentado ao famigerado Winning Eleven lá pela sua edição de dígito 7 e foi amor à primeira vista.
Era diferente do antigo Fifa Soccer, que me prendeu durante alguns anos somente pela faixa musical (quem não se lembra do Song 2 do Blur na abertura daquele jogo?), o Winning Eleven era amigável, de fácil jogabilidade, gráficos bonitos e ainda não tinha todos aquelas bugs manjados do Fifa.

Me diverti por diversos anos com o Winning Eleven, por várias sextas-feiras troquei o bar da faculdade pela tv de plasma do meu amigo jogando partidas frenéticas com 4 jogadores, e através desses diversos anos eu virei um fã assumido do WE.

Quando chegou a nova geração de vídeo-games (Xbox360 e PS3 o Wii não estava nos meus planos, então ele não conta. Sorry Luquinha) eu fiquei ansioso para testar meus dribles e golaços em imagens de alta definição e som com qualidade de cinema.

Pois bem. A primeira edição do Winning Eleven (que foi a 2007) decepcionou. Decepcionou feio e eu nem acabei comprando o joguinho.

Virei à casaca, troquei de time, arreguei e comprei o FIFA 08. Belos gráficos, muitas cores, iluminação perfeita, som de qualidade, mas ainda carregava algumas das qualidades negativas de seus predecessores. Os jogadores eram lentos, os comandos demorados e alguns pequenos bugs. Porém tinha também algumas novidades interessantes como a Live (no Xbox. Não testei a versão do PS3) muito bem aproveitada com download de squads atualizados, partidas perfeitas ao redor do mundo.

Mas vamos ao que interessa, o Pro Evolution Soccer 08.

A edição 08 chegou aos vídeo-games como um puta lançamento. Todas as lojas tinham o brinquedão pra vender, algumas tem até com chaveiros, outras sem nada, outras com desconto de R$0,10(dez centavos), enfim.. tudo para um grande lançamento.

Peguei o meu emprestado semana passada e pude conferir o jogão do momento.

A priori ele fica devendo em absolutamente tudo em relação ao Fifa, mas é magistral no quesito diversão/jogabilidade.

Os gráficos não são dignos de um vídeo-game de nova geração, o áudio tem algo de um clássico dos 8Bits, os time não são licenciados, a Live não é tão bem aproveitada e os menus são absolutamente feios e sem graça.

Mas calma. Como pode um clássico como o Winning Eleven, agora em versão transformista e conhecido como Pro Evolution Soccer (que sempre foi o nome da versão européia do jogo), apresentar uma qualidade tão ridícula?! Como pode um clássico desses falhar em tantos aspectos?!

E o principal: Como pode um jogo com tantas falhas ser tão divertido?!

O Winning Eleven / Pro Evolution Soccer sempre teve uma jogabilidade fantástica, uma facilidade de se diverter abrupta. É gostoso jogar, simples assim.

Foda-se os gráficos, o som, o download de squads, a iluminação, o som de 8bits e tudo mais... Winning Eleven é LINDO.

Vale a pena gastar os R$179,90?!

Se você quer um jogo de futebol para se divertir, on e offline, VALE.
Se você quer um jogo de futebol para admirar os gráficos e o som, não.

Enfim, eu comprei o meu ontem pelo submarino.

Quem quiser me desafiar na live, adiciona o Froio na sua lista de amigos e vamos pro pau!

2 comentários:

Lucas de Camillo disse...

Posso te dizer que a versão para Wii é divertida pá cacete!

Rodrigo De Presbiteris disse...

Impossível dizer que o PES ganha do FIFA em gráfico, mas o que importa mesmo é a jogabilidade e a diverssão. Nesse quesito o FIFA toma um vareio.

Veja se estou com a razão:

Fifa (Grafico 10 / Diverssão 5)
PES 08 (Grafico 5 / Diversão 10)

Eu acho que vale a pena ter os 2 em casa, mas aposto que o FIFA vai ficar de canto um bom tempo.

Um blog com tudo que o superego julgou absurdo demais para entrar no Puro Pop

Quem faz o PuroPop ser Pop

Arquivo do blog